5

Don Casmurro morto-vivo

Posted by Luana on 11:48
Nao vou mentir, tem 3 textos prontinhos e lindos para serem publicados. Textos de coisas bizonhas que aconteceram comigo recentemente... Por que nao publiquei? Por preguica dos comentarios...

Nao estou falando de voce, querido leitor que vem aqui rir comigo. Ou que discorda de mim, mas apresenta bons argumentos para gente discutir numa boa.. Nao! Problema eh receber mensagem de uma postagem de 1900_JoelmaAndXimbinhaAindaJuntos comecando com "voce esta errada".... Texto esse sobre a Fosfoetanolamina, que CLARO, nao eh a cura do cancer... Meu Deus, 2017 e voces ainda estao nessa? 

As pessoas sao muito, mas muito chatas. Um grande amigo desistiu de usar Facebook esses dias, porque ele postou foto de sua linda biblioteca e veio gente saida do esgoto da problematizacao falar que livro tem que ser livre... Outra amiga contou que num forum pra gente que faz croche rola varios quebra paus... CROCHE!!! As pessoas problematizam livros (q?) e novelos de la... Vao se ferrar... 

Mas a historeta que eu vou contar hoje eh inocente (HAHAHAHA... DUVIDO! Sempre tem um zumbi perdido nessa internet de meu Deus)

Eh sobre a concretizacao de um dos meus piores pesadelos. 

Quando a gente tem um pesadelo de algo que a gente MORRE de medo significa que ele se concretizou, ne? Nao precisa acontecer na vida acordada, certo? Certo...

Entao... Essa noite eu acordei as 5 da manha aos berros... Por que? 

Sonhei com gente morta

(bate na madeira)

Sonhei com gente morta que voltava a vida

(bate na madeira... comeca a rezar)

Sonhei com gente morta que voltava a vida DURANTE um velorio...

Ahhh mano... Velorio... Aquela coisa que eu nunca jamais vou entender porque que existe... Toda cultura tem uma maneira de se despedir das pessoas queridas quando elas morrem? Entendo isso... Entendo mesmo...

Mas olha... Tem poucas cosias que me aterrorizam tanto quanto gente morta dentro de um caixao...

Sera que eh porque eu via coisas quando eu era crianca? Sera que eh porque eu era a versao tupiniquim do menininho do Sexto Sentido? Pode ser que sim, mas eu jamais confirmarei essas informacoes com voces....

Oi Luana, vamos trocar umas ideias?

Eu fui a muitos velorios na minha vida? Gracas a Jeova e aos meus pais que achavam que "tem coisa que nao eh pra crianca" (casamentos, velorios, batizados) eu fui em muito pouco.... De pessoas proximas eu so fui no da minha avo paterna quando eu tinha uns 8 anos... E foi horrivel, porque o rosto dela, ali naquele caixao, eh a unica cena que meu cerebro se lembra dela... Tem um monte de memorias legais que eu poderia ter, as comidas maravilhosas que ela fazia, dos casaquinhos de la que me davam uma alergia danada... Mas eu so consigo me lembrar vividamente dela ali, MORTA! (e de umas coisas estranhas andando naquele cemiterio.. deixa pra la)

Por causa dessa experiencia com a minha avo eu nunca mais fui em velorios de pessoas proximas. Nao fui da minha outra avo, do meu pai... Podem julgar... Pra mim o importante eh o que voce faz com a pessoa em vida... Depois, ali no caixao, nao vale mais nada...

Enfim... Estou divagando...

Ontem a noite eu fui dormir... Curie e Tesla pularam na cama comigo... Todo mundo bem confortavel e quentinho (Curie encostadinho na minha perna, Tesla nos meus bracos). Maridon esta na Suecia essa semana, entao eramos so nos 3....

Dai comecou o sonho... Daqueles que voce nao sabe que esta sonhando....

Eu estou num velorio... E eh noite (LOGICO!!! Nao ia ser num belo dia de sol na primavera...). No caixao tem um sujeito bigodudo que eu nunca vi na vida. Ele se parece que todas as versoes de Don Casmurro que eu vi... Um sujeito igual ao Machado de Assis, porem branco...

"Está morto: podemos elogiá-lo à vontade" (Assis, Machado)
Pera... Machadinho tem uma cara legal, de ser gente boa... Deixa eu procurar uma figura que faca juz ao que eu vi no meu sonho...

Adicione a barbona e o bigodon do Machado a esse senhor
Pronto... Pra voce pode nao ser nada... Pra mim eh assustador... Nao pela pessoa em si, entende? Mas pela morte... Que na minha infancia nunca estava assim tao morta... 

Entao.. No sonho tinha gente perto de mim, no velorio... Eu nunca vi aquelas pessoas... Estavamos todos vestidos com as roupas da epoca do Don Casmurro (seria eu a Capitu numa vida passada?). Talvez era Bras Cubas no caixao, e nao Don Casmurro e nao tem Capitu nenhuma... Whatever, voces entenderam... 

Dai eu falava pra um senhor ao meu lado: "ele se moveu" e o cara "nao digas sandices" (de fato era um funeral do sex XIX, hein?)

Mas o cara tinha se movido mesmo... E ninguem estava vendo... 

Dai, pra minha alegria, o tiozinho do bigode resolveu LEVANTAR do caixao... E as pessoas ficaram la paradas, olhando, meio sem entender... E eu? Eu SAI CORRENDO AOS BERROS!!! 

E dai tem aquela dinamica maravilhosa de sonho, onde voce corre, corre, corre, berra, berra e berra e NADA acontece, voce nao sai do lugar e nao sai um pio dos seus pulmoes... Don Casmurro morto-vivo veio em minha direcao... E dai as pessoas se ligaram e comecaravam a gritar.... E eu nao conseguia fugir.... E o Don Casmurro, com os olhos fechados (PQP!!!) andando em minha direcao... Ate que ele ME ABRACOU SOCORRO PELAMORDEDEOS ALGUEM ME TIRA DAQUI AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHHHHHHHH

E eu acordei aos berros, assustando meus pobres gatinhos... as 5 da madrugada...

Cagona que sou, acendi logo a luz... Vai que o treco tivesse me seguido alem sonho? Todo mundo sabe que luz acesa espanta assombracao.... 

Consegui voltar a dormir? Nao... To num bom humor maravilhoso? Estou...

Entao, vem aqui problematizar meu sonho que voce vai ver so... Mando o Don Casmurro morto-vivo ai pra tua casa, pra voce discutir apropriacao cultural/feminismo/racismo com ele...

bom dia pra todos.


Links para esta postagem |
Web Analytics

Copyright © 2009 Hunfs All rights reserved. Theme by Laptop Geek. | Bloggerized by FalconHive.